Os dons que Deus me deu



Perguntaram-me outro dia, se possuía algum dom.
Respondi bem humorado:
Não sou poeta ou cantor, mas tenho outra habilidade,
A de diminuir minha dor, com muita simplicidade,
Abrindo um largo sorriso…
Quando bate à minha porta, a tal da dificuldade.


mediunizae02-01


Você já se questionou se tem um dom? Mas afinal o que é um dom?

É uma dádiva, um “presente” concedido pelo Criador.

Alguns têm o dom para tocar um instrumento musical, aprendem sozinhos com muita facilidade. Outros o do esporte, desde pequenos são considerados craques no futebol ou vôlei, com uma habilidade rara de se encontrar.

O dom não é algo construído ou conquistado apenas nessa encarnação. Ele já é percebido, na grande maioria dos casos, desde a infância e com o passar do tempo é aprimorado, como um diamante bruto a ser lapidado.

A mediunidade também é um dom concedido por Deus, conforme nos afirma Sócrates em O Livro dos Médiuns. Você pode falar que já “ouviu dizer” que ela é característica apenas de espíritos evoluídos, um sinal de progresso espiritual. Gente, isso não é verdade!

Ela por si só não é sinônimo de progresso moral, pois se radica no organismo, ou seja, o fato de alguém ser médium independe de sua evolução moral, mas o uso dessa faculdade mediúnica, se para o bem ou para o mal, está intimamente ligado às qualidades de cada indivíduo.

Podemos citar como exemplo claro dessa realidade o nosso querido Chico Xavier. Um espírito de notável progresso moral, não pelo fato de ser médium, mas pelo consolo que trouxe a diversas mães através das cartas psicografadas, pelas mensagens instrutivas contidas nos mais de 400 livros ditados pelos espíritos e, acima de tudo, por sua conduta cristã.

Como dádiva do Criador a mediunidade não é exclusividade de determinada classe social ou crença religiosa. Não é concedida apenas ao homem de bem ou ao espírita. Serve como ferramenta para fortificar os bons e corrigir os maus.

Se alguém considerado indigno possui a mediunidade, sem dúvida é mais uma oportunidade batendo à porta para que esse indivíduo se torne alguém melhor.
Depende de cada um aproveitar ou não as chances de colaborar para espalhar o bem na Terra.

E você, o que está fazendo com os dons que Deus te concedeu?

Abaixo há um vídeo com um trecho do filme “O som do coração”, que fala de um menino que tem o dom da música.



Fonte: O Livro dos Médiuns, Capítulos XVI e XX.
O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XXIV.
Estudando o Evangelho, Capítulo 22 – Martins Peralva.



3 respostas para “Os dons que Deus me deu”

  1. Gabriel disse:

    Pessoal quem tiver curiosidade sobre o tema segue uma palestra da Drª Marlene Nobre (Presidente da AME Brasil) com o título “O Dom da Mediunidade”.

    https://www.youtube.com/watch?v=uTo-LgipTvw

  2. Bruno disse:

    É importantíssimo esclarecer esses pontos 😉

  3. Breno Cabral disse:

    Muito bom, ótimo texto!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *