Mediunidade e Animismo

O professor Charles Xavier é o telepata mais famoso do mundo dos quadrinhos, e, apesar de fazer parte de uma história fictícia de mutantes com super poderes, a telepatia é uma realidade também fora dos quadrinhos, no mundo real. A telepatia é um fenômeno anímico, isto é, produzido por capacidade da própria pessoa, encarnada ou desencarnada, sem a presença de espíritos interferindo no processo.

mediunizae04-01

Sendo o animismo uma potência da alma desenvolvida, ele se transforma em um potencializador do processo mediúnico, pois os espíritos se comunicam por médiuns que lhes servem de instrumentos e intérpretes. Quanto mais recursos e capacidades possuir o médium, mais recursos e capacidades terá ele para interpretar ou se apropriar do pensamento do espírito para transmiti-lo fielmente.

Pesquisando no Dicionário Aurélio, vemos que animismo vem de animus, do latim, e significa alma. Portanto, fenômenos anímicos podem ser entendidos por fenômenos da alma ou psíquicos, conscientes ou não, como a transmissão do pensamento, telecinesia, movimentos de objetos sem contacto, materialização e muitos fenômenos, alguns deles descritos em nosso último post. De acordo com André Luiz, o animismo pode também ser um conjunto de fenômenos da mente. É como se, durante uma reunião mediúnica, ao se receber uma comunicação, ao invés de ser um desencarnado que estivesse transmitindo a mensagem fosse o próprio espírito do médium ao se desprender parcialmente do corpo pelo efeito do transe. Isso porque, com um certo grau de liberdade, ele recobra suas qualidades de espírito. Na maior parte das vezes esse é um processo inconsciente e o médium não percebe que aquelas ideias são suas.

Pense bem, apesar de natural, para muitos médiuns iniciantes o animismo constitui uma grande dificuldade, levando-os ao desânimo, insegurança e até ao abandono das atividades mediúnicas por não conseguirem diferenciar com clareza a origem dos pensamentos – se das mentes desencarnadas ou da sua própria. A dúvida pode levá-lo ao tormento e ao questionamento se deve interromper ou não o desenvolvimento mediúnico. Mas esse sentimento não deve prevalecer. O médium deve perseverar na tarefa e ir aprendendo pouco a pouco a diferenciação de suas ideias daquelas que provem de outros espíritos. Esse é um processo natural e leva tempo mesmo. Dizem os amigos espirituais que ninguém deve negar o animismo e sim aproveitar em proveito do trabalho, pois só é um bom médium quem é um bom anímico.

No livro Qualidade na Prática Mediúnica encontramos orientações seguras para diminuir pouco a pouco a insegurança e garantir qualidade e fidelidade nas comunicações mediúnicas utilizando as potências anímicas. As atitudes de maior resultado são o estudo doutrinário e o processo de autoconhecimento, conhecimentos esses conquistados com tempo, perseverança, leitura, experiência e meditação. Portanto, acalma a alma e harmoniza o mundo interior.

mediunizae04-02

Um dia, todos nós teremos os dons anímicos mais desenvolvidos, porque isso é da lei da natureza, da evolução do espírito. Até lá, observamos os polêmicos Yuri Kamensky, Karl Nikolaev, Thomaz Green Morton, Nina Kulagina, Uri Geller e sonhamos com o fantástico professor Charles Xavier e o exótico Jeremy Reed do Filme Energia Pura.

Conhece mais alguém que se destaca por seu potencial anímico desenvolvido? Contaê pra gente!

Abração

Dica de filme: Powder – Energia Pura

Vídeo 1: Rede Globo 1976 – Uri Geller entorta talheres

Vídeo 2: Thomaz Green Morton

Biografia:
KARDEC, Allan. LIVRO DOS MÉDIUNS. Rio de Janeiro. RJ. FEB. 2003
PALHANO JUNIOR, Lamartine. TRANSE E MEDIUNIDADE; Instruções Espíritas Para A Prática Mediúnica. 2ª edição. São Paulo. Ed. Lachâtre, 2007.
MIRANDA. Projeto Manuel Philomeno de. QUALIDADE NA PRÁTICA MEDIÚNICA. Salvador BA: Ed LEAL. 2000
SCHUBERT, Suely Caldas. OS PODERES DA MENTE. São Paulo. Ed. Bezerra de Meneses, 2003.
XAVIER, Francisco Cândido e VIEIRA, Waldo. MECANISMOS DA MEDIUNIDADE. Pelo Espírito André Luiz. Rio de Janeiro: FEB, 2003.



2 respostas para “Mediunidade e Animismo”

  1. Juliana disse:

    Isso deveria ser muito mais divulgado!!!! Olha a quantidade de pessoas que possuem essa capacidade anímica e a gente, às vezes, sequer já ouviu falar? É fantástico! rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *