Lixo zero é possível?

Quem somos nós? – Ora, poderíamos nos definir das mais variadas formas. Uma das mais gerais poderia ser: somos seres humanos, espíritos encarnados no planeta Terra! Ninguém poderia contestar essa definição para nós, habitantes inteligentes do nosso querido planeta. Mas existe outra definição que também nos qualifica perfeitamente nos dias atuais: somos consumidores!

Assista ao vídeo que nos ajudará a entender sobre nossos hábitos de consumo:

O vídeo nos alerta quanto à necessidade de sermos consumidores responsáveis, lembrando que, hoje, cada habitante do planeta está consumindo, em média, 1 planeta e meio de recursos naturais, para manter os hábitos de consumo. Cada um de nós tem um consumo pessoal, nossa Pegada Ecológica (calcule a sua em http://www.pegadaecologica.org.br/2015/index.php). Isso quer dizer que, em média, estamos gastando mais do que nossa querida morada é capaz de produzir, mas podemos construir um caminho diferente, se conduzirmos nossa vida de acordo com os 5 Rs da Sustentabilidade:

Repensar, Recusar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar! Importantes ações para construir um mundo melhor. Na resposta à pergunta 705 de O Livro dos Espíritos, encontramos:

 

A terra produziria sempre o necessário, se com o necessário soubesse o homem contentar-se. Se o que ela produz não lhe basta a todas as necessidades, é que ele emprega no supérfluo o que poderia ser aplicado no necessário.

 

Devemos então descobrir, aplicando os 5Rs da sustentabilidade, o que é necessário e o que é supérfluo. Os resíduos que produzimos contam toda a nossa história de consumo. Já parou para pensar que o lixo produzido em uma casa diz muito sobre os hábitos das pessoas que moram nessa casa?

 

Quer saber mais sobre o lixo? Assista ao vídeo:

Assim termina a vídeo: recicle seus hábitos e mude suas atitudes. Lauren Singer, uma jovem americana, decidiu mudar radicalmente seu estilo de vida. Ela decidiu viver sem produzir lixo algum! Vamos conhecer sua história?

Muitas mudanças foram necessárias, dentre elas podem ser destacadas: não produz nenhum lixo há 4 anos, não usa embalagens plásticas, faz seus próprios produtos de higiene e limpeza, compra produtos de fabricação local sem embalagens e compra roupas de segunda mão. Em resumo: decidiu ter o que realmente é necessário. Ela mantém o blog trash is for tossers (lixo é para tolos – http://www.trashisfortossers.com/).  Ela termina o vídeo dizendo:

 

Eu quero ser lembrada pelas coisas que eu fiz quando estava nesse planeta e não pelo lixo que deixei para trás.

 

Voltamos à pergunta inicial: Lixo zero é possível?

 

Sim, é possível. Temos o exemplo da Lauren, que vive sem produzir lixo algum, e não é a única, como ela mesma cita no vídeo. O mais importante, contudo, é refletirmos sobre a necessidade de adotarmos hábitos sustentáveis de vida, para ajudar nosso planeta querido a ser um mundo de regeneração com o meio ambiente o mais protegido possível. Já pararam para pensar que não encontramos na literatura espírita nenhuma menção ao estado físico do nosso planeta no futuro? Sabemos que a evolução é inegável, mas como estará o meio ambiente do planeta Terra daqui a 100, 500 ou mesmo 1000 anos?

 

Em A Gênese, encontramos o seguinte trecho:

 

“Fisicamente, a Terra teve as convulsões da sua infância … Está … em pleno trabalho de gestação do progresso moral. Aí residirá a causa das suas maiores comoções. Até que a Humanidade se haja avantajado suficientemente em perfeição, pela inteligência e pela observância das leis divinas, as maiores perturbações ainda serão causadas pelos homens, mais do que pela Natureza, isto é, serão antes morais e sociais do que físicas.”

 

Então nossos maiores desafios não seriam as transformações da natureza, mas nossas escolhas nos hábitos de consumo que, derivadas das nossas imperfeições morais, estão deixando o planeta Terra em risco de sobrevivência. Depende de nós mudar o rumo da história e construir um futuro melhor. Vamos todos construir um futuro melhor – adotemos os 5Rs da sustentabilidade!

Referências:

O Livro dos Espíritos, Allan Kardec

 A Gênese, Allan Kardec

 Espiritismo e Ecologia, André Trigueiro

 Espiritismo & Desenvolvimento Sustentável, Carlos O. Villarraga



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *