Companheirismo: meta para 2017

Somos companheiros? Amigos? Irmãos?

Quais são os seus maiores desejos para o ano novo que se inicia?

 

Neste momento, pense com carinho em um desejo,
uma vontade ou uma meta que tenha para este ano

Este post foi feito para você, que quer ser mais companheiro (a) no ano de 2017. É importante ter metas atingíveis, sempre, e que elas possam ser demarcadas dentro de suas possibilidades!

 

Nem preciso lembrar que devemos tentar ser menos materialistas e mais ligados ao nosso lado espiritual, à religião, ao bem, ao bom.

.:.

Antes da leitura, sugiro que assista a este vídeo abaixo:

 

.:.

Num mundo onde o espírito de competição reinante entre grupos e pessoas tem gerado desentendimentos, incompatibilidades, desuniões, ser companheiro pode ser a solução!  As divergências de opiniões no tocante à Doutrina Espírita, “na maioria das vezes, versam apenas sobre acessórios, não raro mesmo sobre simples palavras. Fora, portanto, pueril constituir bando à parte por não pensarem todos do mesmo modo”. 1

 

Você acha que o companheirismo poderia estar em sua lista de prioridades deste ano? Mas o que seria o companheirismo?

 

Companheirismo é encontrar prazer em estar junto, é realizar tarefas/atividades lado-a-lado; é observar os sentimentos, os desejos, os sonhos e as possibilidades que o outro tem de realizá-los; é, acima de tudo, ter o compromisso de ajuda mútua para o alcance de objetivos e metas que podem ser em comum ou não, mas que farão a diferença na vida do outro.

 

O companheiro é aquele que mantém a chama do outro acesa e, para isso, ambos têm o compromisso de se ajudarem!

 


Um convite: você se comprometeria com um novo (ou velho) amigo a ser mais companheiro neste ano?

Sabe aquela meta ou desejo que pedimos para você pensar com carinho? Pois bem, gostaria de compartilhar conosco nos comentários logo abaixo?

As pessoas que comentarem logo abaixo de você estão convidadas a ajudá-lo(a) a alcançar este objetivo!


 

Feliz 2017 e que seus objetivos possam ser alcançados… vou me lembrar de você!

.:.

.:.

REFERÊNCIAS

  1. (Allan Kardec. O Livro dos Médiuns. Segunda Parte. Capítulo XXIX. Das Reuniões e das Sociedades Espíritas. Rivalidades entre as Sociedades.).


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *